Artigo | Simone Araújo de Almeida

Saúde além da estética

Correto posicionamento dos dentes vai muito além da beleza do sorriso

Simone Araújo de Almeida

Mestra em Ortodontia - UNIARARAS/SP Especialista em Ortodontia e Ortopedia Facial - ABO/Al Graduada em Odontologia – UFAL CRO/AL - 1812

Quem pensa que possuir um sorriso alinhado, com cada dente em seu devido lugar, é somente uma questão de estética, está muito enganado. Claro que, mais do que nunca, com as exigências estéticas contemporâneas, esse é um ponto bastante relevante e que deve ser levado em consideração. Entretanto, o correto posicionamento dos dentes vai muito além da beleza do sorriso. É, acima de tudo, uma questão de harmonia e saúde geral do indivíduo. Além disso, não podemos esquecer que a nossa autoestima e bem-estar estão diretamente ligados à nossa saúde física e mental.

Quando o encaixe entre os dentes e/ou entre esses e suas bases ósseas está em desequilíbrio, há tendência em causar danos aos próprios dentes e às estruturas associadas a eles, como gengiva e ossos de suporte, provocando traumas e lesões que podem culminar, em não tão raros casos, na perda de um ou mais elemento dental. Também não se pode esquecer que alterações bucais podem gerar consequências em outras áreas, tais como: mastigação, respiração, digestão, entre outras.

Um dos problemas mais comuns que recebo na minha clínica diária é o apinhamento dental, que ocorre geralmente quando os dentes não têm espaço suficiente para ocupar a posição correta e acabam se posicionando do jeito que conseguem. Dentes apinhados ou mal posicionados estão propensos a causar alguns problemas com consequências diretas. Dentre esses problemas, temos: (1) dificuldade de higienização, que pode resultar em cáries e doenças periodontais, e (2) aplicação de forças oclusais de maneira inadequada durante a mastigação, causando facetas de desgastes nos dentes, retrações gengivais e destruição de osso.

Diante do exposto, gostaria de alertá-los para a importância de submeter as crianças por volta dos 6 anos de idade, ou assim que perceberem alguma alteração da normalidade nos dentes e/ou nos ossos face, a uma avaliação com um profissional especializado em ortodontia. Mas, não pensem, pelo fato de já terem passado um pouco dessa idade, que tratamento ortodôntico é coisa somente de criança e que já é tarde demais para procurar ajuda. De maneira alguma! Hoje, mais do que nunca, está cada vez maior o número de adultos jovens e idosos que vem ao consultório na busca por correção ortodôntica, com elevada aceitação do tratamento por parte dos pacientes mais maduros. Isto, de certa forma, se deve ao fato de podermos oferecer tratamentos mais estéticos, mais rápidos, mais higiênicos e mais confortáveis do que tínhamos há algum tempo, através do uso dos alinhadores ortodônticos estéticos.

Os alinhadores ortodônticos estéticos são dispositivos removíveis que promovem a correção no posicionamento dos dentes de maneira muito eficiente e quase imperceptível e, quando bem indicados, como qualquer tratamento deve ser, só trazem benefícios ao longo da vida do paciente.

Portanto, vale salientar que o tratamento ortodôntico favorece a saúde do indivíduo como um todo e, aliado a isso, ainda proporciona melhoria estética do sorriso e da face. Como atualmente a estética durante um tratamento é quase tão fundamental quanto o resultado final, já podemos ter saúde e estética caminhando juntas durante e após o tratamento ortodôntico.