Artigo | Drª Roberta Braga

O que comer e suplementar para ter uma pele sempre linda?

Alimentação tem importância fundamental na saúde da pele

Drª Roberta Braga

Cirurgiã do Aparelho Digestivo Mestre pela Faculdade de Medicina - USP Pós-graduada em Nutrologia - Abran

Quem não quer ter uma pele macia, firme, protegida dos danos solares, uniforme e com redução das linhas de expressão, não é mesmo? E não adianta recorrer aos procedimentos estéticos, sem antes adotar os devidos cuidados “de dentro para fora”… A alimentação tem importância fundamental na saúde da pele, e alguns nutrientes são essenciais neste processo, como os que listo a seguir:

1- Beta-caroteno

  • É um forte aliado no combate aos radicais livres, auxiliando na prevenção do dano celular, do envelhecimento cutâneo, das queimaduras solares e até do câncer de pele. Pode ser encontrado na cenoura, abóbora, espinafre, batata-doce, nabo, abóbora e melão, por exemplo.

2- Astaxantina

  • Também pertence ao grupo dos carotenóides, mas não se converte em vitamina A; auxilia na fotoproteção solar, previne o envelhecimento, estimula a síntese e inibe a quebra do colágeno. Boas fontes são as algas, salmão, truta, camarão e lagosta.

3- Coenzima Q10

  • É um antioxidante lipossolúvel presente em todas as membranas, auxiliando na redução das linhas de expressão e na maciez da pele. É encontrada no salmão, atum, aves e grãos integrais.

4- Zinco

  • É um mineral com importante função no reparo e barreira cutânea, sendo fundamental na cicatrização e maciez da pele e fortalecimento de unhas e cabelos. Ostras, camarões, peixes, cereais integrais, castanhas e leguminosas (como feijão, grão de bico e lentilha, por exemplo) são excelentes fontes.

5- Selênio

  • Tem ação antioxidante e previne contra o envelhecimento. Está presente principalmente na castanha do Brasil, mas também em cogumelos, camarões e peixes, como pargo, bacalhau, linguado, atum e salmão.

6- Vitamina C

  • É fundamental na síntese do colágeno, combate radicais livres e tem efeito protetor contra os raios UV, retardando o envelhecimento. Uma dieta rica em frutas cítricas (como laranja, acerola, kiwi, morangos, limão), tomates, brócolis, pimenta , pimentão e couve-flor já é o suficiente para atingir os níveis diários recomendados.

7- Vitamina E

  • Mais um antioxidante que auxilia na proteção contra os raios solares e previne a inflamação cutânea. Encontrada em nozes, sementes (como de girassol), azeitonas, atum, óleos vegetais (de gérmen de trigo, de girassol e de amêndoas), abacate, espinafre, aspargos e verduras.

8- Ácidos graxos ômega-3

  • Ajudam a manter a barreira natural da pele, protegendo-a de ressecamentos e manchas, mantendo uma aparência mais jovem, Encontrada no azeite de oliva, linhaça, nozes e peixes de água fria, como salmão, sardinha e atum.

SUPLEMENTOS NUTRACÊUTICOS

Além dos nutrientes obtidos através da dieta, também é interessante avaliar a necessidade de suplementação em alguns casos, principalmente após os 35-40 anos de idade, fase em que surgem as primeiras linhas de expressão e quando começam a ocorrer redução da firmeza, viço e elasticidade da pele. Alguns suplementos que considero muito importantes a partir deste período são:

1- Colágeno

  • É a proteína mais abundante do nosso corpo, presente na pele, cartilagens, ossos, músculos, tendões e praticamente todos os demais órgãos. Quando ingerido,  libera aminoácidos para a formação de mais colágeno, estimula a produção de ácido hialurônico, elastina e tem atividade antioxidante. Melhora a hidratação e elasticidade da pele, atenua rugas e retarda o envelhecimento cutâneo. Sua melhor apresentação é na forma de peptídeos bioativos, que são fragmentos menores e mais absorvíveis.

2- Silício orgânico

  • É o segundo mineral mais abundante do planeta, presente na pele, cabelos, unhas e vasos sanguíneos. A partir dos 30 anos, seus níveis começam a cair. Ele promove a síntese e estabilização do colágeno e melhora a atividade do ácido hialurônico e da condroitina. Pode ser encontrado em alguns alimentos, como cavalinha, banana e arroz, mas em pequenas quantidades. Sua suplementação promove uma absorção muito maior, promovendo maior hidratação, firmeza da pele, unhas e cabelos, melhora da densidade mineral óssea e excelente efeito anti-aging.

3- Biotina

  • Também chamada de vitamina B7, ela auxilia no funcionamento das enzimas carboxilases, ajudando na quebra e absorção de proteínas, gorduras e carboidratos; regula também sinais celulares e a atividade de genes. Sua deficiência pode causar lesões na pele, queda de cabelos e unhas quebradiças. Pode ser encontrada em ovos, fígado, salmão, batata doces, nozes e sementes. No entanto, em alguns casos, sua suplementação pode bastante útil no fortalecimento das unhas e cabelos.

É importante ressaltar a importância de uma avaliação médica ou nutricional personalizada, com um planejamento de acordo com as necessidades individuais de cada paciente.

Ame-se e cuide-se, sempre!