Artigo | Dra. Ana Luiza

Nariz entupido, coriza e espirros frequentes? Pode ser rinite alérgica!!

Sintomatologia da rinite alérgica envolve obstrução nasal, espirros, coriza, coceira frequente no nariz, garganta, olhos e ouvidos, além de espirros seguidos

Dra. Ana Luiza

Ortorrinolaringologista membro da Sociedade Brasileira De Otorrinolaringologia e Cirurgia Cervico Facial

A rinite alérgica não é contagiosa e geralmente seus sintomas se iniciam após os dois anos de idade, atingindo cerca de 26% das crianças e 30% dos adolescentes de acordo com os dados do ISSAAC (Internacional Study of Asthma and Allergies).

Se a criança tiver pais alérgicos a chance dela desenvolver uma doença respiratória, inclusive rinite alérgica é de 50% a 70%.

Os principais desencadeadores das crises alérgicas são os ácaros encontrados predominantemente na poeira domiciliar e além deles o mofo, pólen e pelos de animais. Com o isolamento social, há uma tendência de piora das crises alérgicas devido maior tempo que passamos em casa.

A sintomatologia da rinite alérgica envolve obstrução nasal, espirros, coriza, coceira frequente no nariz, garganta, olhos e ouvidos, além de espirros seguidos.

Se você sofre com esses sintomas recorrentes deve procurar o otorrinolaringologista para que o diagnóstico correto seja feito e o tratamento se inicie o mais precoce possível.

O primeiro passo é identificar o tipo e gravidade da rinite para ter sucesso no tratamento, que envolve medicações (orais e nasais) e vacinas.

De maneira geral, todo paciente deve fazer a lavagem nasal diária com soro fisiológico e manter a higiene ambiental: deixar a casa ventilada, iluminada e bem arejada; trocar frequentemente as roupas de cama e lavar roupas guardadas antes de usar ; remover carpetes, tapetes e cortinas de pano; evitar contato muito próximo com animais de pelos e penas; evitar uso de vassouras e espanadores; evitar cheiros fortes, exposição a fumaças e outros poluentes.