Defensoria Pública e Conselho de Arquitetura e Urbanismo de AL viabilizam ações de usucapião à população carente em Arapiraca

Com duração inicial de dois anos, a parceria entre os dois órgãos visa regularizar títulos de propriedade de imóveis

A equipe de trabalho da Defensoria Pública do Estado, em Arapiraca, conta com duas arquitetas a partir dessa semana. Isso acontece devido à parceria da instituição com o Conselho de Arquitetura e Urbanismo de Alagoas - CAU/AL, para a realização de atendimento profissional de arquitetos e urbanistas nas ações de usucapião da instituição, tanto no município como em regiões próximas.

O defensor público e coordenador da 2ª Região Metropolitana do Agreste, André Chalub Lima, e a defensora pública, Fabiana Kelly Medeiros, receberam as arquitetas Bianca Pacheco e Edsangêla Borges.

O defensor público explicou, na ocasião, como a parceria é relevante para a promoção da dignidade e cidadania do povo alagoano.

“Agradeço ao Conselho de Arquitetura e Urbanismo de Alagoas pela forma como vem trabalhando pela cidadania em Arapiraca, nesse projeto, em parceria com a Defensoria Pública, para a regularização de títulos de propriedade de imóveis. Essa parceria entre dois órgãos que estão voltados para o social, que acreditam que é possível valorizar as pessoas e dar dignidade com a documentação de seus imóveis tem muito a oferecer em prol da população alagoana”, afirmou.

Com duração de dois anos, inicialmente, o projeto permitirá aos assistidos da Defensoria Pública o acesso de forma gratuita à elaboração de planta baixa e memorial descritivo, essencial para o ingresso de ações de usucapião.

*com informações da assessoria.