Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
X
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

Renan Filho destaca construção do Arco Metropolitano e investimento de R$ 1,8 bi

Durante palestra no Gazeta Summit, o ministro dos Transportes garantiu que a obra da duplicação da BR-101 será concluída


				
					Renan Filho destaca construção do Arco Metropolitano e investimento de R$ 1,8 bi
Renan Filho destaca construção do Arco Metropolitano de Maceió e investimento de R$ 1,8 bi. Felipe Sóstenes

O ministro dos Transportes e senador licenciado, Renan Filho (MDB), destacou a iniciativa da Organização Arnon de Mello (OAM) em promover um encontro como o Gazeta Summit Mobilidade, salientando as medidas que vêm sendo adotadas tanto no Brasil quanto em Alagoas para a melhora da infraestrutura.

No evento, realizado nesta segunda-feira (17), no Hotel Ritz, Renan Filho mostrou todas as ações estruturantes que estão sendo ou serão feitas em Alagoas, que tem uma disponibilidade orçamentária de R$ 478,4 milhões para 2024.

Leia também

Dentre os projetos, o ministro destacou a construção do Arco Metropolitano de Maceió, já que é a obra que mais dialoga com o projeto de mobilidade urbana da capital, que envolve a duplicação da BR-424, da AL-220 até a BR-316, e da BR-316 - do Pilar - até o viaduto da Polícia Rodoviária Federal.

“As pessoas que passarem por essa região não precisarão mais entrar em Maceió, terão a possibilidade de pegar um arco sem enfrentar a Fernandes Lima, sem enfrentar a Via Expressa, por exemplo. Quem deseja ir de São Miguel dos Campos para o Aeroporto, por exemplo, passará pelo Arco em faixa dupla sem pegar a Fernandes Lima”, explicou.

O valor para investimento neste ano é três vezes maior do que o de 2023 (R$ 159,4 milhões), por exemplo. O novo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) prevê R$ 1,8 bilhão para Infraestrutura de Transportes em Alagoas no período de 2023 a 2026.

“Temos grandes projetos para esse próximo período. Estamos no segundo ano, iniciando todas as grandes obras. No terceiro e quarto anos do governo, queremos estar com todas essas obras andando. A coisa que me deixa mais orgulhoso é ver esse Estado como campeão de desenvolvimento nacional. Era um dos Estados que menos crescia. Agora, é o Estado que mais cresce na região. No ano passado, crescemos o dobro do Brasil.”

Até o fim do governo, Filho garantiu o fim da duplicação da BR-101. O ministro também citou a construção do aeroporto de Maragogi, que terá grande influência no crescimento de Alagoas e Pernambuco.

“Nenhum Estado brasileiro, nem a União, está fazendo um aeroporto maior do que o de Maragogi começando do zero. Pernambuco já influenciou muito nosso desenvolvimento, mas essa vai ser a primeira grande obra alagoana que vai influenciar no desenvolvimento do sul pernambucano”, comemorou.

Ao fim da palestra, Filho ainda falou sobre os recursos recebidos pela Prefeitura de Maceió em acordo com a Braskem, que têm parte destinada à mobilidade urbana. O acordo total tem valor de R$ 1,7 bilhão.

“Não sei se a academia alagoana sabe, se quem é do setor sabe, mas não conheço os projetos que foram elencados para esse R$ 1,7 bilhão. Acho que, se o governador liderar essa equipe, com o corpo técnico da Universidade Federal de Alagoas, da nossa sociedade, para construir um projeto de mobilidade para Maceió, será muito importante para somarmos esforços".

CONFIRA AS FOTOS DO GAZETA SUMMIT

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Relacionadas

X