Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
X
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

Palestra magna discute caminhos para cidades resilientes e sustentáveis

Diretora-executiva do ITDP, Clarisse Linke apresentou ideias de transportes que deram certo, sendo parâmetro mundial


				
					Palestra magna discute caminhos para cidades resilientes e sustentáveis
Diretora-executiva do Instituto de Políticas de Transporte e Desenvolvimento (ITDP), Clarisse Linke, faz palestra magna. Felipe Sóstenes

O caminho possível para a construção de cidades resilientes, justas e de baixo carbono foi o tema da palestra magna do Gazeta Summit Mobilidade, proferida pela diretora-executiva do Instituto de Políticas de Transporte e Desenvolvimento (ITDP), Clarisse Linke. Ela apresentou ideias nacionais e mundiais que deram certo, sendo parâmetros para um transporte sustentável, minimizando os impactos da crise climática e poluição do ar, e equitativo, dando segurança e acessibilidade para todos.

Na exposição, a palestrante citou o cenário global, com dados de que a população urbana dobrou e o espaço ocupado triplicou. Sendo assim, há um registro de elevação de 75% de emissão de gás carbônico e de 80% do consumo de energia. Para este quadro, ela sugeriu uma visão sustentável, articulada e integrada sobre para onde a cidade quer chegar.

Leia também

“Quase 1/5 das emissões são oriundas do setor de energia no mundo, 47% emissões do setor de energia correspondem ao consumo de combustíveis em atividades de transportes, os automóveis são responsáveis por 31% das emissões e entre 25 a 30% das viagens são feitas por automóveis”, destacou.

Clarisse ainda alertou para a poluição do ar, por ser um risco real à saúde. Mencionando dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), frisou que 91% da população mundial respira ar poluído e inseguro e 7 milhões de mortes prematuras são provocadas todos os anos pela poluição do ar, sobretudo nos países de baixo e de médio rendimentos. Em São Paulo, por exemplo, a poluição equivale a fumar 4 a 5 cigarros por dia.

Ela avisou para o risco de insegurança das ruas. De acordo com a OMS, uma pessoa morre a cada 30 segundos devido a acidentes de trânsito no mundo. São 1,2 milhões de mortes evitáveis por ano e o Brasil tem o segundo maior número de mortes per capita da América Latina, com crianças e idosos como públicos bastante vulneráveis.

“A rua é pensada para o carro, mesmo que a maioria da população não esteja no carro. Os trajetos precisam oferecer linearidade, conforto e conectividade ao viajante. A maioria das pessoas gasta mais de uma hora nos deslocamentos casa-trabalho. Tempo perdido em deslocamentos custou R$ 111 bilhões em 2019. Uma pessoa perde 32 dias por ano no trânsito e o custo com passagens de ônibus compromete 1/3 da renda mensal de quem mora em áreas periféricas do RJ”, ressaltou.

Clarisse também apresentou soluções para o setor, a exemplo de algumas estratégias que os transportes poderiam adotar para redução da temperatura global em dois graus celsius, um planejamento do número de viagens pelo número de veículos nas ruas, a adoção da mobilidade triplo zero (zero tarifa, zero emissões e zero mortes no trânsito), melhor entendimento sobre como os pedestres se deslocam, retomada do espaço com medidas de moderação de tráfego e áreas de baixa velocidade, atendendo crianças e pessoas da terceira idade.

Para ela, garantir prioridade ao transporte público é primordial e a transição para eletromobilidade é um caminho a ser percorrido a curto e médio prazos. No Brasil, no âmbito do processo de seleção do Novo PAC, foram recebidas solicitações de financiamento para aquisição de mais 2,3 mil ônibus por parte de cerca de 50 municípios e 7 estados. Alagoas estaria incluída.

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Relacionadas

X