Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
HOME > blogs > MOZART LUNA
Imagem ilustrativa da imagem MTur certifica Pilar (AL) no Mapa do Turismo Brasileiro 2024

BLOG DO
Mozart Luna

MTur certifica Pilar (AL) no Mapa do Turismo Brasileiro 2024

Pilar é uma cidade localizada, a 36 quilometro de Maceió, capital alagoano, às margens da lagoa de Manguaba, no nordeste brasileiro. Atualmente, vem recebendo obras importantes para alavancar o turismo, com a instalação de um teleférico, e da construção do maior Cristo Redentor do mundo.

O certificado pelo Ministério do Turismo (MTur) no Mapa do Turismo Brasileiro 2024, faz parte de um programa que reúne cidades e destinos com vocação para o turismo. Com essa atualização, Alagoas mantém suas seis regiões turísticas e 48 municípios cadastrados no programa, se destacando como um estado com grande potencial turístico.

Nos últimos anos, a Prefeitura de Pilar tem investido fortemente em infraestrutura e produtos turísticos, como a reabertura do Cine Pilarense após 30 anos, a construção do maior cristo do mundo, o teleférico, o Kartódromo, o Complexo Religioso Dilma Canuto, a Casa de Cultura e Museu Arthur Ramos, entre outros espaços e projetos importantes para a cidade.

“Pilar tem ganhado destaque crescente em Alagoas e está agora se projetando para todo o Brasil. Estamos comprometidos em elevar o padrão da experiência turística em nossa cidade, através da criação de novos equipamentos e iniciativas que impulsionarão de vez o turismo local. Projetos como o maior Cristo do mundo, o primeiro kartódromo internacional de Alagoas, o teleférico e outros empreendimentos que estão em andamento, vão impulsionar a nossa economia e gerar milhares de empregos para a população”, destacou o prefeito do Pilar, Renato Filho.

O programa de regionalização do turismo brasileiro, instituído pelo Ministério do Turismo (MTur), agrupa destinos e cidades com vocação turística e que são impactados pelo setor. A categorização dos municípios orienta o MTur no desenvolvimento de políticas públicas específicas para cada região, além de avaliar o impacto econômico do turismo nas localidades.

O desempenho do setor nas cidades é analisado com base em cinco categorias: número de estabelecimentos de hospedagem, número de empregos nesses estabelecimentos, estimativa de visitantes domésticos, estimativa de visitantes internacionais e arrecadação de impostos federais provenientes dos meios de hospedagem.