Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > ALAGOAS

Maceió registra mais de mil acidentes com escorpiões em 2024

Secretaria de Saúde de Maceió informou que o aumento de casos é comum durante o período chuvoso


				
					Maceió registra mais de mil acidentes com escorpiões em 2024
Em caso de picada de escorpião, é importante buscar atendimento médico imediato. Ascom SMS

A Secretaria de Saúde de Maceió já contabilizou 1.031 casos de acidentes com escorpiões em 2024, acendendo um alerta à população. Essas ocorrências tendem a aumentar durante o período chuvoso, de acordo com a gerência de Doenças Transmitidas por Vetores e Animais Peçonhentos do órgão.

Carmen Samico, gerente do setor, explicou que as chuvas intensas inundam os esconderijos naturais do animal, como as frestas, esgotos e caixas de gordina, forçando-os a sair desses locais e buscarem os ambientes domésticos. Assim, ela recomenda algumas ações para evitar picadas.

Leia também

"Antes de usar roupas, toalhas, brinquedos de crianças e calçados, verifique-os minuciosamente, pois podem servir de esconderijo para escorpiões, especialmente quando estão próximos às paredes. Mantenha a casa limpa e livre de baratas, a principal fonte de alimento dos escorpiões. Vedar frestas em portas e janelas e limpar regularmente as caixas de gordura são medidas eficazes para impedir a entrada desses animais. O lixo deve ser bem fechado, pois restos de alimentos podem atrair baratas e, consequentemente, escorpiões", instruiu Samico.

A gerente também sugere medidas extras no período da noite, quando os escorpiões estão mais ativos. É importante vedar portas e afastar berços de crianças das paredes, além de garantir que cobertores não toquem o chão para prevenir o acesso dos escorpiões.

Em caso de picada de escorpião, a pessoa deve buscar atendimento médico imediato, especialmente para crianças, idosos ou pessoas com imunidade baixa.

"A picada pode causar dor intensa e outros sintomas graves. O tratamento adequado e acompanhamento médico são essenciais. Procure o serviço de saúde mais próximo de sua residência", alertou a gerente.

Reforço na vigilância

Para reduzir o risco de acidentes com escorpiões, a secretaria intensificou a vigilância nas áreas com maior incidência. Agentes de endemias estão sendo mobilizados para identificar e eliminar possíveis esconderijos, como frestas em paredes e portas.

A população pode colaborar denunciando a presença de escorpiões pelo Disque Denúncia: (82) 3325-4945.

*com informações da assessoria.

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Relacionadas